GREEN KNIGHT


Este Blog destina-se à partilha da vida e de algumas experiências que vou partilhando com os amigos que aqui resolvam entrar e deixar o seu rasto. São todos bem-vindos e espero que gostem das coisas que vou postando, dentro das minhas possibilidades.Gostaria que este Blog fosse mesmo um campo de papoilas, em que possamos trotar felizes. E conto com as vossas agradáveis visitas! Um abraço a todos!







quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O choradinho do Sr. Silva

Desde tenra idade que por tradições constatei que o choradinho fez sempre parte da cultura dos portugueses.
Excluindo o triste fado que por ser fatalista nos traça o destino, muito embora por obra desta cultura, até se tornou património mundial. Quem não se lembra do: “pãozinho por Deus”,” um tostãozinho para o Santo António”,” quem não chora não mama” e por aí adiante não faltam exemplos. Senão vejamos: Hoje num dos principais periódicos diários li, que de 2009 a 2010 após a exigência de B.I. para as crianças, deixaram de constar 111000 crianças que auferiam as vantagens do I.R.S e dos subsídios.
Garanto que nestas crianças “desaparecidas”?.. Houve muito choradinho e muita habilidade de quem soube manejar esta arte e decerto o Sr. Silva não pode arcar com toda a responsabilidade.
Quem nunca ousou através de um choradinho obter uma boa colocação, uma boa nota, um bom aumento, ou quiçá desculpar-se com esta habilidade, para não pagar um copo, ou até uma bica? O que me motiva neste tema é a facilidade com que o acessório é empolgado como se fosse a coisa mais importante que os portugueses necessitam para serem resgatados da prisão da “liberdade” em que se encontram.
Somos mais acutilantes a pontar o dedo a alguém e muito tolerantes ou esquecidos, no que toca a uma introspeção séria, no que toca ao nosso
comportamento social.
Não quero com isto ilibar o Sr. Silva. Só quero deixar o meu alerta, para que o sensacionalismo que alimenta muita gente e bem, não nos desvie do essencial, em relação a Portugal e o seu futuro.
São necessários bons dirigentes, bons empresários, bons trabalhadores e bons cidadãos, que possam coabitar com respeito e confiança mútua. Com uma participação constante, na identificação dos problemas, localiza-los em devido tempo e reparar as anomalias, será o caminho certo.
Só apostando na competência se podem ultrapassar as dificuldades e como objetivo eliminar todo o tipo de choradinhos, facilitismo e compadrios.
Sonho com este país com portugueses na mais correta posição. VERTICAL.

“Também aqui deixo o meu choradinho aos portugueses”. Ajudem, façam qualquer coisa, mas não se deixem manobrar.
jrom

11 comentários:

Laura disse...

Ahhhh, estás mesmo com cara de pedinchar, falta saber o que querias tanto!

É verdade, ainda tenho uma foto onde peço qualquer coisa ao meu pai e ele acabou por aceder...a gente pede, e como dizes, quem não pede não mama!

Tiveste sorte na foto? ou mandaram-te ir pedinchar para outro lado? ahhhhhh.

laura

São disse...

Penso que tem razão, mas acho que Cavaco não deveria ter sequer aberto a boca!

Ah, fiquei muito chocada com o desaparecimento de tanta criança...

Beijinhos para vós.

Maria disse...

Amigo Jrom
Já agora, precisamos de um presidente decente que, não venha a público, falar das suas "economiazinhas", da sua "parca" reforma", das dificuldades que enfrenta, para viver. É, no mínimo, ridículo. Num país, onde há fome, sem abrigos aos centos, ninguém que tenha tecto, pão e dinheiro para os gastos obrigatórios, não tem o direito de se queixar. Ter o mínimo, já é bom, quando há tantos que nada têm.
Pela primeira vez, dou razão ao Mourinho: "Cavaco Silva, quando não abre a boca, não é mau".
Beijinhos para a Mariana e para ti
Maria

elvira carvalho disse...

E já agora precisa-se de um acessor de imagem competente, que não deixe o Sr. Silva abrir a boca. Porque se está mal quando fez o chopradinho quando vem pedir desculpa ainda piora mais as coisas. Sempre foram muito poupados?
Como é que uma pessoa a ganhar 800€ apresenta estes rendimentos?
Poupando?

A casinha no Algarve e a reforma, são dados pessoais e ninguém teria que meter o bedelho, não fosse o caso do seu esposo e reeleito Presidente da República ter explicitamente referido a situação de que a sua esposa “só” auferia 800€ de reforma…

Houve difamação, dizem os seus apaniguados, mas então, atentem no caso estranho da …



DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS DE – MARIA CAVACO SILVA

BCP:
Conta à ordem nº 882022 (1ª Titular) – 21.297,61 Euros
Depósito a prazo: 350.000,00 € (vencimento 4/04/2011)

BPI:
Conta à ordem nº 60933.5 – 6.557 Euros;*
Depósito a Prazo: 140.000,00 Euros (juro 2,355%, vencimento em 21/02/2011)
Depósito a Prazo: 70.000.00 Euros (juro 2.355%,vencimento em 20/03/2011).

PPR: 52.588,65 Euros;*

Acções detidas:

BPI – 6287
BCP – 70.475
BRISA – 500
COMUNDO – 12
ZON – 436
Jerónimo Martins – 15.000

Obrigações BCP FINANCE: 330 unidades (Juro Perpétuo 4.239%)

FUNDOS DE INVESTIMENTO

Fundo AVACÇÕES DE PORTUGAL – 2.340 unidades
Milenium EURO CARTEIRA – 4.324.138 unidades
POJRMF FUNDES EURO BAND EQUITY FUND – 118.841.510 unidades
Partilhar:

Um abraço e bom fim de semana

Je Vois La Vie en Vert disse...

Realmente, o choradinho é tipicamente português ! Isto é uma coisa que não herdei nem desejo herdar dos portugueses...
Quando choro, é porque tenho uma razão forte para isso e em vez de choradinho, prefiro me retirar.
Mas voltei !
Caro amigo Zé, agradece à Mariana as palavras que deixou no meu blog na altura do meu choro.

Muitos beijinhos para ti e para ela.
Verdinha

Kim disse...

Claro que sim Zé. Pedinchar é preciso!
Passamos a vida a pedir.
O Sr. Silva está completamente desajustado do momento actual. Já antes estava.
Eu até entendo o que ele quis dizer, mas foi infeliz. Não se pode dizer aquilo, mesmo que fosse verdade.
Abraço

Zé do Cão disse...

Pedinchar é preciso. E vai daí um passo à corrupção...

Mas, uma coisa é certa, enquanto o povo (ordeno e sereno)gostar e amar tanto dos partidos como a sua equipa de futebol, nunca chegaremos a parte nenhuma. Passos coelho e a sua tribo, Portas e as suas Janelas escancaradas,Louça e os seus irónicos,Seguro e os seus Festeiros, Jerónimo e os seus sonhadores, seguidos depois pelos portugueses, ilustres coveiros da
União Europeia e Banca, que mais nos resta do que "carpidar" a nossa desdita, ou cantar um fadinha de velhinha sem dentes a
quem as mandíbulas já com ferrugem por não meter nada no bucho à 15 dias, e lhe colocaram um prato à frente, com um "solomilho" cozinhado a preceito e com esmero, morreu sem degustar tamanha iguaria.
É o Fado Português.

abraço
Gostei do teu texto

SEVE disse...

"O manequim da Rua dos Fanqueiros" ou seja, o Sr. Silva (e a Srª. Silva) são uns desgraçadinhos...

Não nos esqueçamos daquele andante que andava sempre a lamentar-se da falta de sapatos até ao dia em que viu um viajante sem pernas...

São disse...

Para quando novo post?

Um abraço, amigos .

Je Vois La Vie en Vert disse...

Oh, Sr Zé, já chega de pedinchar ! Toca a trabalhar a faz um novo post, caro amigo !
Beijinhos para ti e para a Mariana da
Verdinha

SEVE disse...

Que grande actor!
Esta carinha está simplesmente fenomenal!