GREEN KNIGHT


Este Blog destina-se à partilha da vida e de algumas experiências que vou partilhando com os amigos que aqui resolvam entrar e deixar o seu rasto. São todos bem-vindos e espero que gostem das coisas que vou postando, dentro das minhas possibilidades.Gostaria que este Blog fosse mesmo um campo de papoilas, em que possamos trotar felizes. E conto com as vossas agradáveis visitas! Um abraço a todos!







quinta-feira, 11 de abril de 2013

A VELHACA NARRATIVA

Gostei deste texto e compartilho com os meus amigos.




C. M. 04-04-2013

A VELHACA DA NARRATIVA

Existe uma narrativa que desfaz governantes e amarra países a destinos ingratos.

A narrativa é cruel e não respeita ninguém. Anda em roda livre e tem palco garantido nas televisões e nos jornais.

A narrativa é caprichosa ciumenta e descarada.

Não tem amigos, faz acordos de conveniência e deixa cair aliados à mínima desconfiança.

É perigosa e canalha, mas tem uma legião de seguidores fieis que a acompanham para onde quer que vá. Tem até um séquito de profissionais que cuidam dela, que a tornam coerente e lucida e que a ajudam sempre que ela fraqueja.

Os especialistas da narrativa sabem as regras do jogo e gostam de jogar, porque sabem que a narrativa também sabe ser generosa para aqueles que a tratam bem.

A narrativa tem cadastro. É longo e feio. Aqueles que se consideram suas vítimas são muitos, e têm graves sequelas. Alguns não recuperam nunca das mutilações sofridas, e arrastam-se penosamente até ao fim dos dias. Outros preferem uma solução mais radical. Poucos tentam retaliar.

Odiada por uns e adorada por outros, a narrativa tem sobrevivido sempre.É que a narrativa tem um nome; chama-se História.



MIGUEL ALEXANDRE GANHÃO

Subchefe de redação C.M.

6 comentários:

elvira carvalho disse...

Também gostei.
Um abraço e bom fim de semana

São disse...

Obrigada pela partilha

Abraço para vós

Green Knight disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Green Knight disse...

Obrigado minhas amigas pela vossa visita e um bom fim de semana
Abraços Jrom

Kim disse...

A história tem muitos nomes.
Umas vezes elucida-nos, outras baralha-nos!
abraço amigo

SEVE disse...

Obrigado Zé por partilhares.

Perdoa-me a curiosidade: - que tem a ver o homem da foto ( Francisco José Viegas) com este texto?